Cabo Polônio e seus encantos

Mesmo super cansada, a cervejinha a noite no hostel era convidativa demais para ignorar. Lá fomos nós beber até as tantas e não nos preocupamos em ver o horário do busão para Cabo Polônio no dia seguinte. Conclusão: perdemos os horários da manhã. Acontece que o ônibus para Cabo Polônio sai 3 vezes ao dia – fora de temporada como fim de novembro – 8 AM, 10 AM e 3:15 PM. Corremos pra rodoviária na esperança de haver outros horários mas realmente, só tinha o de 3:15 PM. Meu consolo foi andar pelo terminal com meu mochilão a procura de vinhos, petiscos, e outras coisas para levar para Cabo.

A empresa que faz o percurso fora de temporada é a Rutas del Sol e custa 548 URY – R$70. A viagem dura em torno de 4 horas e meia até Valizas, que é onde pegamos a 4X4 para Cabo Polônio, uma península a 260 km de Montevideu, onde não existe luz elétrica, água encanada, asfalto e nem internet – motivos que me motivaram a ir 🙂

Toda área de Cabo Polônio é protegida e declarada Reserva Natural da Biosfera pela UNESCO. Por isso somente carros autorizados podem entrar no local, como os caminhões 4×4. Por 170 URY, ida e volta, em uma viagem de aproximadamente 20 minutos, esses caminhões te levam até este pedaço de céu! Fomos na última 4X4 as 8:30 PM e este foi o maior exemplo de males que vem para o bem. Perder o busão da manhã, ir no da tarde e fazer o pecurso de 20 mins por dunas e praias iluminados somente pela lua cheia e o céu estrelado, está no TOP 3 de melhores experiências de mochileira. A 4X4 sai de hora em hora em alta temporada, e em baixa temporada mais espaçado.

DCIM116GOPRO

Cabo Polônio visto do alto da 4X4 🙂

Onde se hospedar? Ficamos no hostel Viejo Lobo. Fica exatamente na parada final da 4X4.  Rústico, simples e acolhedor, eu diria. Quartos compartilhados e de casal. Internet 1 hora por dia. Água quente 24 horas, a noite a luz vem de luzes de led espalhadas pelas paredes, e principalmente de velas. Logo na primeira já noite me juntei a galera do vinho para ficar até as tantas curtindo uma boa conversa a luz de velas 🙂

IMG_1587

O que fazer? Nas ilhas em frente a parte norte do Cabo, milhares de pontos pretos indicam a presença dos lobos marinhos, e logo acima deles fica o famoso farol que ilumina Cabo a noite. A subida de 130 degraus até o farol custa 20 URY. Foi legal subir, acredito que seja muito mais bonito em dias ensolarados.

IMG_1673

IMG_8395

IMG_1685

Vista do Farol

Como boa brasileira que sou, em algumas horas já estava na rodinha dos poucos estrangeiros que assim como eu, estavam apaixonados por Cabo fora de época e curtindo o famoso mate para esquentar os neurônios. hi hi hi

IMG_1686

Era noite de thanksgiving e uma americana lançou a idéia de fazermos um jantar de Thanksgiving – todos topamos! No fim, eram mais garrafas de vinho do que opções de comida, mas a medida que a galera de outros hostels chegavam, formávamos um grupo super introsado que levou a sério a bagunça até as 4 da manhã!

IMG_1705

Existem restaurantes em Cabo Polônio, e o preço não está muito diferente do Rio de Janeiro, por exemplo. Mas é evidente que a opção de comprar e cozinhar é muito mais econômica. E assim o fiz, na maior parte do tempo lá. Comprávamos pasta, pães, doces, e… muito vinho! Rachando por 5 saía baratinho e a cozinha de lá era super equipada! 🙂

DCIM144GOPRO

Hora do rango!

No dia seguinte pela manhã choveu torrencialmente, então curtimos uma preguiça com um papo cabeça. Mas a tarde a chuva deu uma trégua e fomos pro lado sul de Cabo Polônio, onde ficam as dunas. Este cachorrinho gostoso, da Vicky que trabalha no hostel, nos seguiu por pelo menos 3 horas entre as dunas. Mesmo com muito vento, frio e neblina, foi uma caminhada deliciosa!

IMG_8259

corridinha de leve com o companheiro 🙂

IMG_8373

IMG_8357

IMG_8371

voltando a ser criança!

Essa noite foi embalada por 2 argentinas e alguns uruguaios que invadiram o hostel para cozinhar tubarão com muito vinho branco! Embalados por um ukelele amigo, era inevitável não sair as 11 da noite pela porta do hostel para sentir aquele cheirinho de mar, ouvir as ondas, e guardar para sempre na memória a imagem daquela vila escura, sendo iluminada apenas pelo Farol, soberano entre as entrelas.  Tudo indicava um último dia ensolarado e feliz em Cabo e assim o foi 🙂

Acordamos cedo, e logo veio o uruguaio que mora na vila com sua esposa. Ela faz os pães e todos os dias ele entra no hostel as 10:45 vendendo baguetes caseiras e quentinhas por 45 URY. Depois disso, saí para uma voltinha sozinha pela vila.Encontrei o dono de uma das milhares de vendinhas de artesanato e engatamos um papo cabeça. Quando falei que me apaixonei por lá, ele me disse que muito estrangeiros voltam para viver lá um tempo. Disse também que em alta temporada, como em janeiro e fevereiro a vila recebe pelo menos 5 mil pessoas por dia, tendo apenas acomodação para 2 mil.

Tudo muda de figura com o sol… e com a saudade antecipada desse lugar!

IMG_8378

IMG_8414

IMG_8390

assim passamos a maior parte do tempo…

IMG_1698

ou assim…

IMG_1610

assim também 🙂

 

Câmbio: o ideal é trocar pesos o suficiente para não precisar trocar lá. No mercado eles fazem câmbio mas é, no mínimo, 80 centavos a menos que em Montevideo.

Mercado: único mercado de Cabo Polônio, vende quase todo o básico para sobreviver. Nada de luxo!

Farmácia e Posto de Saúde: não existe isso lá. Portanto, seja prevenido e leve sua bolsinha com os remédios principais para o número de dias em Cabo.

Cartão de crédito: a maioria dos restaurantes simples não aceitam, apenas os sofisticados. O ideal é levar dinheiro vivo para tudo.

Gostaria de dizer que depois disso fui para Colônia del Sacramento, mas mudei minha passagem e hospedagem para ficar mais um dia em Cabo Polônio e não vejo a hora de voltar pra lá… se você é simples, viajado e ama lugares inóspidos para entrar em contato com a natureza… vai ser um sonho! mas se você curte conforto, luxo, wifi e restaurantes caros, não aconselharia incluir Cabo Polônio no roteiro. Fica aqui o registro de um coração grato pela experiência e por todos os espíritos livres que conheceu nesse caminho…

IMG_1742

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s